Terapia genética cura daltonismo em macacos

Posted on 18/09/2009. Filed under: Ciência |

Estudo abre caminho para tratar doenças graves de visão

GAINESVILLE, Flórida

 A terapia genética pode ser a saída para corrigir o daltonismo, a incapacidade de diferenciar cores, principalmente o verde do vermelho. Cientistas das universidades de Washington e da Flórida usaram com sucesso a técnica para tratar o defeito genético — o mais comum em humanos — em dois macacos-de-cheiro. O estudo abre ainda caminho para solucionar outros problemas graves, como a degeneração macular relacionada à idade e a retinopatia diabética, que podem causar cegueira.

No estudo na edição online da revista “Nature”, os autores introduziram genes terapêuticos em células sensíveis à luz, localizadas na parte de trás dos olhos dos animais.

— Adicionamos sensibilidade para o vermelho às células cônicas, responsáveis pela visão das cores e visão central. E isso foi feito com segurança — disse William W. Hauswirth, da Universidade da Flórida.

Para levar os genes terapêuticos, foi usado um adenovírus inofensivo. Os genes produzem a proteína essencial para formar pigmentos sensíveis ao vermelho e verde. Na pesquisa, as equipes treinaram durante anos os macacos para que pudessem indicar quais as cores estavam vendo.

Anúncios

Make a Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: